Compartilhe

Pautas ambientais são temas de conversa com representantes do governo federal em Tubarão

Publicado em 07/05/2019 às 15:33 - Atualizado em 07/05/2019 às 15:33

Colatto (E) e Iberê (de branco) ocupam funções estratégicas em órgãos de meio ambiente
Créditos: D´Alma Comunicação/Amurel Baixar Imagem

Prefeitos e técnicos das áreas de meio ambiente, engenharia florestal e agropecuária estiveram reunidos com o nessa segunda-feira (6) com o diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro, ex-deputado catarinense Valdir Colatto, e com o diretor de assuntos florestais para o exterior, Iberê Aguiar Jaques. O encontro aconteceu na reitoria da Unisul para tratar de temas de interesse da região e contou também com o reitor da Unisul. Mauri Heerdt e de professores da universidade. O presidente da Federação Catarinense de Municípios – Fecam, prefeito de Tubarão Joares Ponticelli, e da Associação de Municípios da Região de Laguna – Amurel, prefeito de Braço do Norte Roberto Kuerten Marcelino também se fizeram presentes. Um dos temas tratados foi o projeto de recuperação e proteção de nascentes na região da Amurel e revegetação de plantas nativas em áreas de preservação permanente de nascentes na região. “Estima-se que tenhamos cerca de 5 mil nascentes na região. Sabemos que a recuperação ou proteção de todas elas é utopia, mas temos condições de recuperar boa parcela delas, como já o fizemos com 52 nascentes, a partir de 2009. É um trabalho longo e que demanda recursos”, disse o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão e Complexo Lagunar Francisco Beltrame, em sua defesa do projeto. O diretor executivo da Amurel Celso Heidemann também explanou a Valdir Colatto e demais presentes a importância deste projeto em âmbito regional. O projeto tem o objetivo de identificar, recuperar e proteger 60 nascentes em áreas rurais, em propriedades privadas, trabalhando em conjunto com os proprietários e comunidade na execução das atividades, e com o apoio do Comitê da Bacia. A Amurel é a proponente do projeto.

Núcleo

Coube ao reitor Mauri Heerdt detalhar ao diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro – SFB o segundo tema da pauta: o interesse da Unisul em ter implantada na região uma unidade regional do Serviço Florestal Brasileiro. Na justificava da solicitação, o reitor citou até a missão do SFB, que é de “promover o conhecimento, o uso sustentável e a ampliação da cobertura florestal, tornando a agenda florestal estratégica para a economia do país”. Entre as justificativas para a solicitação, o reitor citou ainda a localização estratégica de Tubarão, que está inserido no domínio da Floresta Atlântica, distante menos de duas horas da Serra Geral (Floresta Araucária), equidistante dos demais estados do Sul do país e com facilidade de acesso via BR-101, duplicada, e um aeroporto regional. “Temos convictos que a implantação em Tubarão fortalecerá o desenvolvimento do setor florestal, bem como fortalecerá o rol de oportunidades de fomento para projetos de pesquisa, educação e extensão, que, por conseqüência, impactará positivamente no desenvolvimento do Estado de Santa Catarina”, diz um trecho do documento entregue a Valdir Colatto.

O diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro – SFB disse que vai analisar o projeto de recuperação de nascentes e o pedido da Unisul junto com sua equipe.

Fosfateira

Um assunto que não estava na pauta foi levado pelo presidente da Fecam. O prefeito Joares Ponticelli pediu a Valdir Colatto a intervenção do representante do governo federal a favor dos municípios da região, contra a implantação da fosfateira em Anitápolis. “Os prefeitos da Amurel e dos municípios próximos a Anitápolis se manifestaram veementemente contrários à instalação da fosfateira e eu gostaria que o senhor colocasse isso no seu radar de atuação, para nos ajudar a matar de vez esse monstro que nos assombra desde 2009”, disse Joares. Sobre este tema Valdir Colatto não se pronunciou, mas prometeu conhecer melhor o tema.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Rua Rio Branco, 67, Vila Moema, Tubarão - SC
CEP: 88705-160