Compartilhe

Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amurel assina convênio com o Governo para recuperação de rodovias estaduais

Publicado em 03/10/2019 às 18:19 - Atualizado em 04/10/2019 às 17:23

O Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amurel – CIM/Amurel e o Governo de Santa Catarina assinaram na manhã desta quinta-feira, 3, na Casa d’Agronômica, o convênio do Projeto Recuperar, para manutenção de rodovias estaduais. Foi o segundo convênio desta natureza assinado pelo governador Carlos Moisés. Além dele estavam presentes o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler,  o presidente do CIM/Amurel, prefeito de São Ludgero Ibaneis Lembeck, o presidente da Amurel, prefeito Roberto Kuerten Marcelino, prefeitos de municípios que aderiram ao convênio e o diretor executivo da Amurel Celso Heidemann. Dos 18 municípios associados, apenas Capivaride Baixo não aderiu ao convênio por não ter rodovia estadual.

Este primeiro contrato vai destinar cerca de R$ 3 milhões para o CIM-Amurel para os serviços de manutenção das rodovias estaduais durante cinco meses. O valor do investimento é superior a R$ 615 mil por mês para manter uma malha rodoviária de 373,8 quilômetros distribuídos nos 17 municípios. “Após a licitação, será realizado um cronograma para a execução dos serviços. Tudo isso ficará à cargo da equipe da Amurel”, explicou o presidente da Amurel, Beto Kuerten Marcelino, prefeito de Braço do Norte.

De 2020 em diante, a previsão é que projeto receba R$ 120 milhões por ano (para todo o estado), o que representaria um crescimento de 124% em relação aos R$ 53,5 milhões aplicados em 2018. “Estamos separando esses recursos, com apoio da Secretaria da Fazenda, graças ao esforço de economia que temos feito de enxugamento da máquina pública. São valores extras, além daqueles com os quais a Secretaria de Infraestrutura já trabalha. Até o fim de 2022, devem ser liberados R$ 534 milhões de novos recursos para a manutenção rodoviária”, projeta Moisés.

A expectativa do governador é que a contratação no modelo de consórcio resulte em uma redução de 40% a 50% dos custos para a manutenção das rodovias em comparação aos valores de mercado. Dessa forma, a aplicação dos recursos tende a ter um efeito ainda maior na prática.

A aproximação entre o Governo do Estado e as associações de municípios para esta e outras parcerias que estão em andamento foi iniciada pelo atual presidente da Federação Catarinense de Municípios – Fecam, prefeito de Tubarão Joares Ponticelli, logo que assumiu a presidência da entidade, em janeiro deste ano, poucos dias após a posse do governador.

O atual presidente da Amurel, Beto Kuertem Marcelino emitiu recentemente uma nota, com o aval dos demais prefeitos associados, cobrando celeridade no andamento do convênio em vista da situação precária da grande maioria das rodovias estaduais na região.

Assessoria de Comunicação da Amurel - Com informações da Assessoria de Imprensa do Governo do Estado de Santa CatarinaSecretaria de Estado de Comunicação - Secom

 

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Rua Rio Branco, 67, Vila Moema, Tubarão - SC
CEP: 88705-160