São Ludgero

Prefeito Volnei Weber oficializa aos vereadores que voltou atrás em relação ao local que será construída a segunda ponte

Publicado em 04/12/2014 às 15:33 - Atualizado em 04/12/2014 às 15:33

Prefeito Volnei Weber oficializa aos vereadores que voltou atrás em relação ao local que será construída a segunda ponte

A segunda ponte que cortará o rio Braço do Norte, no centro de São Ludgero, não será mais construída entre a divisa territorial da EEB São Ludgero e o prédio da Prefeitura Municipal. O prefeito Volnei Weber e o vice-prefeito Ibaneis Lembeck se reuniram com os vereadores na manhã desta quarta-feira, 3 de dezembro, para oficializar sobre a decisão de voltar a trás em relação ao local.

O prefeito explicou aos vereadores Léo Fuchter, Lucas Peters, Jairo Luiz Borges e Valério Becker, presentes na reunião, que após a manifestação da APP e Direção da EEB São Ludgero, ele começou a refletir melhor sobre o assunto. “Mesmo que o Ministério Público sinalizou positivamente em relação a construção no local, o qual entendo ser muito bom, percebi que no lado esquerdo aonde funciona a lavação dos veículos, atualmente, poderia ser melhor ainda. Então, após trocar uma ideia com o vice e os secretários, decidi dar um passo para trás”, disse. A decisão tem total apoio do vice-prefeito Ibaneis Lembeck e dos secretários municipais. Volnei relata que num primeiro momento ele teria que fazer a defesa do local por já ter uma empresa executando o serviço de elaboração do projeto. “Tinha-se tomado uma decisão em conjunto, o local era bom e uma empresa estava trabalhando”, observa. Ele acrescenta que o mais importante é a ponte ser construída. “Precisamos resolver um problema interno de trânsito e, independente do local, a obra é extremamente necessária”, ressaltou. Outra preocupação do prefeito era em relação aos gastos extras que poderiam ser cobrados pela Geovias. “Antes de tomar esta decisão, mantive contato com a empresa responsável por elaborar o projeto para ver se eles iriam refazer determinados trabalhos sem custos para os cofres públicos do município. Após, a empresa sinalizar positivamente que não teriam custos extras, seguimos em frente com a decisão da mudança”, enfatiza. No novo local, na Margem Direita, a ponte terá um acesso direto a Rua Orleans. “Entendo que a informação oficial da mudança deveria ser repassada primeiro aos vereadores, diante das cobranças, e, por este motivo realizei a reunião”, resumiu. Para o vereador Lucas Peters, que participou da reunião, o novo local está aprovado. “Parabéns ao prefeito pela atitude e por atender ao pedido do povo. O novo local é muito melhor”, disse.

A partir de agora os trabalhos se concentram na conclusão do projeto e na busca de recursos nas esferas estadual e federal. É responsável pela elaboração do projeto a empresa Geovias Engenharia Ltda, ganhadora da licitação pelo valor de R$ 146.980,00. O recurso disponibilizado para elaboração do projeto é através de emenda parlamentar do deputado estadual Joares Ponticelli. A ponte terá 13 metros de largura com aproximadamente 134 metros de extensão.

 

 Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação do Município de São Ludgero