São Ludgero

Mau cheiro na ETE está sendo eliminado com funcionamento de sistema com Biofiltro

Publicado em 14/01/2015 às 17:50 - Atualizado em 14/01/2015 às 17:50

 

Como o objetivo de eliminar o mau cheiro gerado com a chegada do esgoto sanitário na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Samae, um sistema de desodorização com Biofiltro entrou em funcionamento no final de dezembro. O equipamento prevê a eliminação de 99% do odor gerado. Na terça-feira, 13 de janeiro, funcionários da autarquia passaram por treinamento técnico.

A equipe do Samae desde 2013 vinha realizando buscas com o propósito de encontrar alternativa para eliminar o mau cheiro, ainda existente na estação. “As lagoas não emitem mau cheiro. O problema estava na chegada do esgoto”, observa o Diretor Geral, Jackson Buss.  O prefeito Volnei Weber, lembra que assim que assumiu o comando do município já solicitou ao diretor a busca por uma solução. “Eram muitas as reclamações e a busca por uma solução foi um compromisso nosso assumido com a população que está em nosso plano de governo”, explica. Então, em 2014, após visitas realizadas em algumas cidades como Criciúma e Itapema, a equipe do Samae tomou conhecimento da existência de um sistema de desodorização que contava com um Biofiltro. O investimento de R$ 180 mil foi realizado na implantação do sistema e o funcionamento iniciou no final de dezembro. Segundo o Engenheiro Eduardo Atanázio dos Santos, da empresa Multiágua, responsável pela instalação do Biofiltro, com o isolamento feito na canalização e tanques o gás é confinado e através de um sistema de sucção direciona o mesmo ao Biofiltro. No sistema de biofiltração, utiliza-se de turfa e bactérias que transformam o gás com odor em um gás inodoro. Nesta terça-feira, 13 de dezembro, profissionais do Samae receberam orientações técnicas sobre o funcionamento do Biofiltro que é totalmente automatizado.

Para o Diretor do Samae, Jackson Buss, a eliminação do odor gerado e que chegava nas residências próximas é mais uma grande conquista da autarquia. “Não investimos antes porque estávamos em busca de uma solução eficaz. Era preciso ter segurança nos resultados”, completa. Para o prefeito Volnei Weber, o fim do odor vai significar qualidade de vida para as famílias, em especial, dos bairros Madre Tereza e Acácias. “Este é mais um problema enfrentado por inúmeras famílias e que foi resolvido. As reclamações eram muitas. A equipe do Samae comandada pelo Jackosn está de parabéns pelo empenho e dedicação”, ressalta.

Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação Município de São Ludgero