Laguna

Meio Ambiente - Complexo Santa Clara na Caputera é tema de encontro do Condema

Publicado em 04/03/2015 às 07:49 - Atualizado em 04/03/2015 às 07:49

Nesta sexta-feira (6) será realizado um encontro para apresentação do projeto do Complexo Industrial e Residencial Santa Clara aos membros do Conselho Municipal do Meio Ambiente - Condema. A reunião inicia às 14h e acontecerá na sala de reuniões da Secretaria de Saúde.

Previsto para ser instalado na Caputera, localidade ao norte de Laguna, este empreendimento está sendo desenvolvido pelo grupo Santa Clara, de Criciúma e já obteve as licenças ambientais prévia e de instalação.

Mais informações sobre a reunião: Rosana (9996-2435)

Saiba mais:

No ano passado, o grupo responsável pelo empreendimento apresentou o Relatório e Estudo de Impacto Ambiental EIA/RIMA à comunidade, empresários, servidores públicos e vereadores. O investimento será em torno de R$13 milhões.

A área de 1,3 milhões de metros quadrados às margens da BR-101 (sentido norte) será estruturada em 181 lotes industriais com 2,5 mil metros quadrados cada. Os 211 lotes residenciais, localizados na entrada da Praia do Sol, terão 360 metros quadrados. Todos serão entregues com ruas pavimentadas, iluminação, rede de abastecimento de água e de esgoto. Depois de prontos, serão vendidos.

“Estou impressionado e com esperanças por ver um projeto desses. É inovador e acredito que vai melhorar a vida de muita gente”, disse espontaneamente o morador nascido na Caputera, Jaci Francisco.

Segundo o presidente da Santa Clara Empreendimentos, Leonel Vieira, esse é um projeto que vem sendo idealizado através de pesquisas há mais de seis anos. “O objetivo é organizar a instalação de indústrias e empresas na cidade, reunindo-as numa região específica. É um planejamento para um cenário futuro, daqui 10 a 20 anos”, disse.

A primeira etapa da obra, que está prevista para durar cerca de três anos, será no lado norte da área, nas proximidades da entrada da Praia do Sol. “Nesse primeiro ano vamos trabalhar na área dos lotes residenciais. A segunda etapa será a do meio, com a revitalização do lago que do outro lado da rodovia e a última será na área sul, onde se concentram todos os lotes industriais”, explicou Hélcio Ramos de Jesus, engenheiro agrimensor e civil da Protol, empresa que realizou o projeto do empreendimento.

Com a proposta de gerar entre 4,5 a 5 mil empregos para formação do complexo, surge também a demanda de capacitação da mão de obra local. Uma das intenções, de acordo com Vieira, é formar parcerias para trazer escolas técnicas para a cidade.

Projetos aprovados:

Projeto elétrico/Celesc

 Projeto de Abastecimento de Água/Casan

  • Projeto de Drenagem Pluvial

  • Projeto de Esgoto Sanitário

  • Projeto da Estação de Tratamento de Esgoto

 

-- 




Secretaria de Comunicação Social do Governo Municipal de Laguna